Parceiros

Centro Cultural de Amarante

Maria Amélia Laranjeira

O CCA tem vindo a exercer a sua ação no concelho de Amarante, com vista à promoção da inclusão social de crianças e jovens que se encontram em maior vulnerabilidade educativa e social, permitindo, através da Música e da Dança, a reintegração em ambiente escolar. Para tanto, tem vindo a celebrar, com outras instituições, com quem partilha os mesmos princípios e os mesmos objetivos, vários protocolos para regular os termos e as condições à colaboração na implementação e desenvolvimento dos seus projetos sociais.

As autarquias locais visam a satisfação dos interesses próprios da população residente na circunscrição concelhia. Cabe ao Município de Amarante a função central de zelar pelo bem-estar de todos os munícipes, através da criação de medidas que garantam condições para o pleno exercício da cidadania, adotando uma atitude de discriminação positiva relativamente a todos os que estão desprovidos de instrumentos para a mudança social, deste modo, o CCA estabeleceu uma parceira com o Município de Amarante e integrou, como já foi referido, a Rede Social local, com quem trabalha em diversas ações sociais e campanhas de solidariedade.

FUNDAÇÃO EDP

A Fundação EDP é uma instituição de direito privado, sem fins lucrativos, que tem por fins gerais a promoção, o desenvolvimento e o apoio a iniciativas de natureza social, cultural, científica, tecnologia, educativa, ambiental, desportiva e de defesa do património, competindo-lhe, no âmbito das suas atividades, apoiar iniciativas nas áreas que integram cada um dos seus fins. Para tal, tem um programa de investimento em projetos que têm como objetivo atenuar situações sociais reconhecidamente relevantes, em particular intervenções que promovem a inclusão social e o empreendedorismo social, e que se revelem sustentáveis.

Consulte o Website aqui.

FUNDAÇÃO CALOUSTE GULBENKIAN

A Fundação Calouste Gulbenkian, é uma fundação portuguesa para toda a humanidade, destinada a fomentar o conhecimento e a melhorar a qualidade de vida das pessoas através das artes, da beneficência, da ciência e da educação.Através do PARTIS, um programa de apoio a projetos que privilegiam a arte como meio de intervenção social junto de grupos em situação de vulnerabilidade ou exclusão, permite tornar realidade a convicção de que a arte é motor de inclusão e mudança social, pelo seu poder único de unir as pessoas.

Consulte o Website aqui.

FUNDAÇÃO MANUEL ANTÓNIO DA MOTA

A Fundação Manuel António da Mota constitui o contemporâneo e natural corolário da matriz e tradição filantrópicas do Grupo Mota-Engil, na senda do legado do seu fundador, Manuel António da Mota. É um importante instrumento da política de responsabilidade social, enquanto expressão organizada e sistematizada de uma gestão ética e socialmente comprometida, em nome de uma cidadania empresarial ativa e participativa.

Consulte o Website aqui.

CASA DA MÚSICA

A Casa da Música, responsável pedagógico pelo projeto Orquestra Energia, é uma residência universal onde cabem todos e cada um cria o seu próprio espaço, onde a música não tem portas fechadas; nela o habitante é livre de circular e estabelecer a relação que quiser. Desenvolve projectos artísticos e comunitários de média e longa duração, workshops de descoberta e realização musical. A estas actividades junta-se um processo continuado de pesquisa artística e intervenção social. O Serviço Educativo remete, com efeito, para um espaço de criação ocupado por iniciativas Fora de Série: referimo-nos a orquestras e outras formações que estabelecem novos paradigmas musicais, propondo linguagens alternativas, mas também a ações que vão ao encontro dos cidadãos mais arredados de uma existência musical ativa e inclusiva, capaz de regenerar a autoestima ou contribuir para a identidade de grupo e o sentido de pertença.

Consulte o Website aqui.

A FEDP, a FCG, a FMAM e o CCA partilham valores, princípios, objetivos e a prossecução dos fins sociais, pelo que foi reconhecida relevância aos projetos Orquestra Energia de Amarante e Dança Nova Geração, desenvolvidos pelo CCA e decidida a atribuição de financiamento, pelas referidas Fundações.

Considerando, ainda, a necessidade do Conservatório garantir que os cursos básico e secundário do ensino artístico especializado da música possibilitem aos jovens a frequência de um plano de estudos que integre as competências necessárias para a sua formação geral e especializada numa determinada área artística, foi fundamental criar, também, um quadro de articulação entre os estabelecimentos de ensino artístico especializado e as escolas básicas ou secundárias do ensino regular de Amarante. Assim, estabeleceram-se também, protocolos com o Agrupamento de Escolas Amadeo de Souza – Cardoso e com o Agrupamento de Escolas de Amarante.

 

Para além destes, o CCA tem protocolos com:

– Instituto Piaget – Cooperativa para o Desenvolvimento Humano, Integral e Ecológico, CRL,

– Escola Superior de Artes Aplicadas do Instituto Politécnico de Castelo Branco,

– Clínica Dentária do Campo da Feira,

– Escola Secundária/3 de Amarante,

– Associação Viver Canadelo e Serra do Marão.

– Rede Social da C.M.A. que integra 56 associações.