|CCA PARTICIPA NO 6º ENCONTRO NACIONAL DE CENTROS E CLUBES UNESCO|

|CCA PARTICIPA NO 6º ENCONTRO NACIONAL DE CENTROS E CLUBES UNESCO|

Foz Côa acolheu o 6º Encontro Nacional de Centros e Clubes UNESCO, que decorreu, este fim de semana, no Museu do Côa.

Os Centros ou Clubes UNESCO são grupos de pessoas – associações sem fins lucrativos, ONG, escolas, universidades, fundações, círculos culturais, sociais e administrativos da comunidade – de todas as idades, todos os horizontes, de todas as condições, que acreditam nos ideais da UNESCO e desejam apoiar a Organização na sua missão. Estas estruturas têm como objetivo promover a UNESCO e os seus Programas, propagar os seus ideais através de atividades inspiradas nas atividades da Organização, contribuir para a formação cívica e democrática dos seus membros, apoiar os Direitos Humanos, favorecer a compreensão internacional e o diálogo entre os povos, difundir informação relativa à UNESCO junto do público, a nível local. Em suma, constituem-se como um prolongamento da ação das Comissões Nacionais.

O Centro Cultural de Amarante – Maria Amélia Laranjeira, Centro UNESCO de Amarante, desde o dia 9 de Agosto, participou no Encontro.

O Dr. Francisco Laranjeira, Presidente, apresentou o CCA, nas suas dimensões, educativa, cultural e social e falou sobre os objetivos do Centro UNESCO de Amarante.

Uma vez assumido o compromisso de ser um prolongamento da Comissão Nacional, de quem é parceiro, e de se tornar um despertador de consciências, o CCA tem já várias ideias e projetos para começar a desenvolver brevemente.

Com o objetivo de dar a conhecer as suas áreas de intervenção, projetos e atividades, partilhar ideias e reflexões, contribuir para a formação cívica e democrática dos seus membros e favorecer o diálogo entre os povos, a rede portuguesa, coordenada pela Comissão Nacional da UNESCO, reúne uma vez por ano.

A sessão de encerramento do 6º Encontro Nacional de Centros e Clubes UNESCO contou com Gustavo de Sousa Duarte, Presidente da Câmara Municipal de Foz Côa, Bruno Navarro, Presidente da Fundação Côa Parque e José Filipe Moraes Cabral, Presidente da Comissão Nacional da UNESCO.

Partilhar no facebook